Dr. Fernando Salvino

Parapsicólogo e Psicoterapeuta

ABPCM/SC - 000.060

Lembrar de suas vidas passadas é conhecer a si mesmo, é conhecer o Universo!

April 4, 2016

 

Ao longo de minha trajetória muitos me perguntaram: para que lembrar de minhas vidas passadas? E alguns perguntam: se eu não nasci lembrando porque eu tenho que saber?

 

A memória é uma realidade um pouco difícil de compreender. Fomos ensinados a tratá-la como sendo uma espécie de computador, ou caixa onde se guardam as lembranças. Muitos cientistas afirmam com categoria que a memória está localizada no cérebro e alguns dizem que se localiza não somente no cérebro, mas no corpo.

 

Por outro lado, até o momento ninguém sabe onde a memória está e se é que pode ser localizada.

 

O mesmo poderia ser colocado sobre o sangue. Onde o sangue está? Está circulando numa espécie de sistema. O mesmo sobre a linfa. E o mesmo sobre a água, ou o calor, ou qualquer coisa que não se localiza de forma fixa, como um osso. O sangue se movimenta num fluxo. Assim a memória, se movimenta num fluxo. Mas onde está a memória?

 

A memória não está no corpo humano. Age através dele e o influencia, mas não está dentro do cérebro ou de qualquer célula do organismo. A memória é um fluido de retenção de experiências que não se reduzem à nossa memória singular, porque as experiências que passamos ocorrem na relação com os outros, com a sociedade, com o planeta, com o universo. Assim, a memória não é uma coisa que está dentro do cérebro. Muito menos é individual como pensamos ser. O fluxo de informações associadas às nossas experiências passadas estão fluindo numa espécie de dimensão de memória. Uma dimensão cósmica como outras que existem. Nesta dimensão, o passado está ocorrendo de uma forma bastante peculiar. Isto não quer dizer que podemos existir em dois lugares ao mesmo tempo.

 

O que quer dizer isto é que como um filme real da vida, tudo que houve está pulsando na dimensão de memória neste instante e está influenciando você agora.

 

E, você é uma pequena porção de consciência num infinito oceano de inconsciência. A memória está fluindo neste grande oceano, cuja lucidez de quem somos as vezes toma flashes de um passado muito antigo, nossas vidas passadas.

 

Quantas vezes você se perguntou: quem sou eu? E que resposta vem? Coisas vagas. Vem traços de personalidade aparentemente desconexos, determinadas cenas desta vida traumáticas ou não, ou ainda as extremamente traumáticas, gostos e preferências e uma profunda identificação com o corpo que temos. Muitos acreditam piamente que são o próprio corpo e que a morte é o fim de tudo. Outros tem experiências que ultrapassam o comum de nossas vidas e migram para uma espécie de vida paralela não compartilhada socialmente. Alguns desses tem sonhos e rememorações espontâneas de fatos vividos num passado antes desta vida. Fatos estes que poderiam esclarecer muito sobre quem realmente somos.

 

Lembrar de nossas vidas passadas é um mergulho dentro de si mesmo, no oceano de inconsciência que sustenta a totalidade de nosso ser. Neste mergulho você encontrará você mesmo antes desta vida, em diversas situações, países, culturas, hábitos, línguas e vivências. Você compreenderá experimentalmente que é um ser universal e que está além de seu corpo, de sua carne e de sua cultura. Poderá estudar a si mesmo a partir de uma perspectiva muito mais ampla e realista de si mesmo, compreendendo os fundamentos de sua personalidade e as formas de resolução de determinados problemas que vem sendo repetidos vida após vida. Lembrará de várias vezes que morreu e sobreviveu, podendo reviver situações da vida extrafísica com lucidez e trazendo para sua vida atual os benefícios da vida extrafísica e da benevolência universal. Poderá compreender traumas, dificuldades atuais e tendências de infância, traços e predisposições, ao examinar a si mesmo numa perspectiva que atravessa os séculos.

 

Conhecer a si mesmo é um movimento de auto-investigação profunda onde cedo ou tarde você necessitará mergulhar em seu íntimo e conhecer sua trajetória pré-natal, antes desta vida. E neste momento você começa uma maravilhosa jornada para dentro de si mesmo e para dentro do universo.

 

O movimento de lembrar de nossas vidas passadas é o mesmo movimento de conhecer o universo e sua origem. A sua história é a história do Universo, é sua cosmologia pessoal no grande cosmo!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Postagens em Destaque

Não saber meditar é causa de sofrimento.

June 16, 2016

1/10
Please reload

Postagens Recentes