Dr. Fernando Salvino

Parapsicólogo e Psicoterapeuta

ABPCM/SC - 000.060

O que é Tao Yoga?

O Yôga pode ser definido como o método que dissolve o sofrimento, neutraliza as perturbações internas, potencializa o samadhi (hiperconsciência) e impulsiona o praticante ao estado de conectividade com tudo e todos, em holofusão, numa união e transparência do interior para com o exterior e vice-versa (kaivalyam). Este estado é o de serenidade pura, ausência total de ansiedade, angústia e qualquer outra perturbação e total sensação de completude e pertinência ao Universo, dissolvendo a dualidade (yin e yang) e alcançando o pico de transcendência (tai-chi ou kaivalyam).

 

A sua origem é confusa e obscura e prefiro afirmar que o Yoga existe universalmente e é essencialmente um método universal e por ser universal sua origem não é humana, visto que a natureza do humano está aderida ao sofrimento. Portanto, somente quem não mais sofre poderia ter ensinado tal método. E atribuo isto às hiperdimensões do universo, próprias das inteligências de nível mais avançado e em condições de hiperlucidez. E devido a limitação humana este Yoga universal se refrata em variados "Yogas" ou escolas, com variações de método, técnicas e abordagens filsóficas. Assim, temos vários tipos de Yoga, mas todos se mostram essencialmente como o método que visa levar o praticante ao mesmo objetivo.

 

O Tao Yoga é a versão chinesa do Yoga universal ou Raja Yoga (Yoga real, verdadeiro, autêntico). Em comparação com os demais Yogas, o Tao Yoga oferece como técnica o Tai Chi Chuan, dentro da ciência interna ou Nei-Jia (ou Nei-Dan). Seu aspecto de autodefesa remete a necessidade humana em lidar com conflitos e a neutraliza-los sem uso da violência, sendo uma técnica de combate a mão desarmada sem o uso da violência e sim da serenidade, lucidez e domínio da energia e intencionalidade. O Tai Chi Chuan, como arte de autodefesa pode ser considerado a arte mais complexa e difícil de ser praticada e compreendida, pois não usa a força física e nem usa da violência. Seus princípios são taoistas, budistas e yogues por natureza, todas concepções pacíficas e fraternas do viver a simplicidade da vida e do curso do Tao. O Tao Yoga é portanto, a prática de União com o Tao, do viver de acordo com o Tao, do permitir que o Tao se mova através de nós.

 

 

 

 

Gran-Mestre Yang Luchan
(1799-1872)

Yang Luchan, mestre de Tao Yoga de nível máximo, tendo ensinado além de seus filhos diretos, outros alunos. Seu estilo foi o que se popularizou e o que ele ensinou ao demais fora do círculo de alunos escolhidos foi uma modalidade simplificada e viável a qualquer um que quisesse aprender. No entanto, os ensinamentos do Tao Yoga se perderam no tempo e no espaço e vão aos poucos sendo resgatados, em especial, por aqueles que lá aprenderam e aqui estão novamente reencarnados.

O Tao Yoga, historicamente, pode ser compreendido como o método desenvolvido na China desde que Da-Mo levou o Yoga, o Budismo e o Vajramushti indiano para a China e que, misturando-se com as práticas chinesas milenares, a medicina chinesa, o xamanismo chinês e as técnicas de combate antigas, criou-se um tipo de Yoga diferente do indiano que podemos chamar de Tao Yoga.

 

Ao que parece indicar as pesquisas históricas e retrocognitivas o Tao Yoga foi praticado secretamente pela família Chen (estilo Chen de Tai Chi Chuan) e modificado, desenvolvido e apriomorado por Yang Luchan, que popularizou o estilo Yang de Tai Chi Chuan (um estilo livre e fácil de ser praticado por qualquer pessoa e idade). No entanto, os alunos de Yang Luchan eram ensinados uma disciplina de trabalho interno que transcendia o Tai Chi Chuan, e incluia os potentes trabalhos de Qi Gong, alimentação natural, vida em contato com a natureza e simplicidade. Seus ensinamentos estavam além do Tai Chi Chuan e estava de encontro com ensino da ciência do Tao, a prática do Tao e a vida em comunhão com o Tao (Tao Yoga).

 

O Tao Yoga é portanto o método de viver em comunhão com o Tao em todas as áreas de nossas vidas.

 

Os ensinamentos de um dos maiores mestres da antiguidade, conhecido como Yang Luchan, que viveu ao que parece no fim de 1700 em diante, e que foi meu professor direto quando vivi como seu aluno em sua Vila, em vida passada, e que após variadas retrocognições pude acessar o conhecimento e aos poucos vou ensinando-os.

 

 

Copyright © 2019. Fernando Salvino.
Todos os Direitos Autorais Protegidos e Reservados.

.